REDAÇÃO – MÓDULO 06 – TÓPICO 02 – RECURSOS TEXTUAIS

  COERÊNCIA   &   COESÃO

1. COERÊNCIA: é o nível da significação. Como a articulação textual ocorre no campo das idéias e dos conceitos.

2. COESÃO: é o aspecto formal, lingüístico, alcançado pela escolha de palavras cuja função é justamente a de estabelecer referências e relações, articulando entre si as várias partes do texto.

COESÃO TEXTUAL: (pronomes, conjunções, tempos verbais, sinônimos, pontuação, léxico, etc.)

Cada elemento responsável pela coesão textual funciona, no interior do texto, como um pequeno , que serve para amarrar duas ou mais idéias. É o que chamamos de “nó lingüístico”.

MECANISMOS COESIVOS MAIS FREQÜENTES

1.         COESÃO REFERENCIAL: (feita pelos pronomes).

Manifesta-se através da anáfora (algo que já foi dito anteriormente) ou através da catáfora (algo que será dito posteriormente).

Ex: O jardineiro virá?

        Ele disse que sim.  (anáfora)

Só queremos isto: a vitória. (catáfora)

E também o estabelecimento das referências pode se dar tanto pela referência endofórica (entre elementos do próprio texto) como pela referência exofórica (entre elementos do texto e outros dados da realidade exterior – situação).

Eduardo e Mônica namoram há um ano. Eles se conheceram no segundo colegial. (endofórica)

Você se arrependerá de não ter feito aquela prova anterior. (exofórica)

OUTROS RECURSOS COESIVOS

1.         Substituição

2.         Elipse

3.         Coesão lexical (seleção de vocabulário)

a.      pela reiteração (repetição, sinônimos, hiperônimos, nomes genéricos, etc.)

b.      pela colocação ou contigüidade (termos pertencentes a um mesmo campo semântico. Ex.: roubo, viatura, delegacia, bandidos, etc.)

4.         Coesão seqüencial. (responsável pela progressão)

a.      relação de causa/conseqüência (porque, pois, como, por isso, já que, visto que, uma vez que, etc.)

b.      relação de contradição de uma expectativa criada (mas, contudo, todavia, embora, ainda que, mesmo que, apesar de, etc.)

c.      relação de condição (se, caso, contato que, dado que, desde que, a menos que, etc.)

d.      relação de acréscimo (e, também, além de, não só, nem, etc.)

e.      relação de gradação(até, até mesmo, inclusive, pelo menos, quando muito, no máximo, etc.)

f.        relação de tempo (ontem, hoje, cedo, primeiramente, sempre, quando, a seguir, enquanto, tempos verbais, etc.)

Exercícios: Págs 18 A 24

Exercícios nº: 2 – 3- 7 – 8 – 9 – 12 – 13 – 14.